sábado, 7 de dezembro de 2019
Artigos científicos - sexta-feira, 29 de junho de 2012
Publicado por dr. Filipe Alferes
Com a Chegada do verão a preocupação com a boa forma e a auto-imagem crescem, fazendo desta época do ano uma temporada bastante visada para realizar um sonho e melhorar a auto-estima. Estigma do passado, onde a cirurgia plástica era realizada em sua maior parte nos períodos de inverno, o verão e...   [Mais...]
Artigos científicos - quinta-feira, 28 de junho de 2012
Publicado por Dr. Filipe Alferes
RESUMO:
Introdução: O Etil-2-cianoacrilato (ECA) é um adesivo tecidual utilizado por alguns médicos na prática clínica para fechamento de lesões de pele. São substâncias que se autopolimerizam quando em contato com a ferida, formando uma cola forte e flexível. Este trabalho foi realizado visando à avaliação da eficácia e da biocompatibilidade deste polímero (Epiglu®, da empresa Meyer- Haake, Alemanha) na síntese de pele, em modelo experimental.
Método: Dez ratos Wistar machos foram submetidos a três incisões longitudinais no dorso. A incisão central foi tratada com sutura de pontos simples de nylon 4.0 (grupo controle), a esquerda com sutura subdérmica de nylon 4.0 associado ao ECA, e a direita apenas o ECA. Os animais foram sacrificados nos dias 3, 7, 14, 21 e 30 pós-operatórios. A biocompatibilidade foi avaliada sob observação direta: necrose, inflamação, dermatite de contato, infecção e deiscência; e à microscopia: reação inflamatória, angiogênese, fibroblastos, colágeno, células gigantes e eosinófilos.
Resultados: As sínteses realizadas apenas com o ECA apresentaram maior índice de deiscência (p 0,05).
Conclusão: O uso do ECA é uma boa opção de síntese da pele, com boa biocompatibilidade. Atenção deve ser feita às lesões que apresentem algum grau de tensão, onde a associação com a sutura subdérmica torna-se obrigatória.   [Mais...]



Visualizar: Títulos | Resumos
  • Entrar
  • Assinar